quinta-feira, 17 de março de 2011

SUPER LUA CHEIA - SÁBADO 19 DE MARÇO DE 2011, TERÁ A ‘MAIOR’ LUA DOS ÚLTIMOS 18 ANOS

Sábado, dia 19, os brasileiros terão a oportunidade de ver o fenômeno conhecido por “Super Lua”. Na data, a Lua cheia parecerá maior do que o normal, pois estará à distância mais próxima da Terra dos últimos 18 anos, divulgou o site português Ciência Hoje. Devido à proximidade, as marés deverão se alterar.


A Lua iluminará o céu a apenas 356.574 quilômetros daqui - 6.530 quilômetros mais perto do que o habitual. Esse ponto de proximidade se chama “Perigeu Lunar”. O fenômeno acontece apenas quando é Lua cheia e porque a órbita do satélite é elíptica - sua distância da Terra é variável - e não circular.

Influência em catástrofes

Alguns esotéricos acreditam que o fenômeno está ligado a catástrofes naturais como enchentes e terremotos. Segundo o Ciência Hoje, até existe uma relação entre as fases da Lua cheia e nova e as atividades sísmicas, já que a força das marés fica mais forte nessas épocas. Assim, consequentemente, as marés aumentam a pressão sobre as placas tectônicas.

Porém, segundo o Centro de Investigação Geológica (CIG) dos Estados Unidos, a Lua não teve relação com o terremoto que devastou o Japão na sexta-feira (11). O tremor aconteceu em um período de fracas marés. Para o órgão, foi apenas uma coincidência o terremoto ter ocorrido uma semana antes da “Super Lua”.

Extraído de: http://br.noticias.yahoo.com/s%C3%A1bado-ter%C3%A1-a-%E2%80%98maior...

SUPER LUA CHEIA SERÁ A MAIOR EM 18 ANOS

Paula Rothman, de INFO Online Quinta-feira, 17 de março de 2011


As luas apogeu e perigeu, em 2006. Este ano, fenômeno será ainda mais evidente.


SÃO PAULO – Se você está planejando um jantar romântico, o próximo sábado pode fornecer as condições ideais para sua noite: uma super lua-cheia estará no céu.

No dia 19 de março ocorre um fenômeno conhecido como super “lua perigeu” – algo que só acontece a cada 18 anos. O resultado é que, ao nascer no leste, nosso satélite natural estará maior e mais brilhante do que o normal.

As luas cheias variam de tamanho por causa de sua órbita oval. O trajeto elíptico tem um lado (chamado perigeu) cerca de 50 mil km mais perto da Terra do que o outro (apogeu). Para um observador no planeta, as luas perigeu ficam 14% maiores e 30% mais brilhantes do que a apogeu.

No dia 19 de março, a Lua estará em seu perigeu máximo – 356.577 km de distância. A proximidade é beneficiada por outra coincidência: para a maior parte do ocidente, ela surge no horizonte menos de uma hora após o perigeu. Esse fenômeno aconteceu pela última vez em março de 1993.

Essa proximidade da Lua pode aumentar um pouco as marés, mas não há com o que se preocupar: as variações serão de apenas alguns centímetros a mais do que o normal. A Nasa ainda alerta: ao contrário do que alguns boatos que circularam na internet dizem, as luas perigeu não disparam desastres naturais.

E para quem quer tirar belas fotos, outra dica da Nasa: o melhor momento para observar a lua é quando ela ainda está perto do horizonte. Em contraste com árvores e prédios, ela parecerá ainda maior.

Extraído de: http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/super-lua-cheia-sera-a-ma...

Perigeu é o ponto mais próximo da órbita de um astro, ou nave, que gire em torno da Terra.

Nome específico do periastro que tem a Terra como referência.

Lua em seus pontos mais próximo (Perigeu) e mais distante (Apogeu) da Terra.

Periastro é o ponto da órbita de um corpo celeste ou de uma nave espacial, em que ele se encontra mais próximo do astro em torno do qual gravita.

Comumentemente as naves espaciais giram em torno dos corpos celestes em órbitas elípticas e elas sempre apresentam um ponto de maior aproximação que é denominado de periastro.

Se estiver se referindo a um planeta do Sistema Solar que orbita em torno do Sol, neste caso este ponto recebe o nome específico de periélio.

Quando o corpo celeste apresenta atmosfera é importante que o periastro seja grande o suficiente, para que a nave espacial não se friccione na atmosfera, pois pode sofrer danos ou mesmo ser destruída.

Em alguns casos esta mesma fricção é utilizada para diminuir a velocidade de uma sonda. Planetas como Vênus e Marte já receberam sondas da Terra, onde foi necessário fazer o uso do aerobreque, quando a sonda passava pela região de seu periastro, a fim de diminuir sua velocidade de inserção no planeta e ajustar a sua órbita, para uma orbitação mais compatível para as pesquisas científicas.

Certas sondas que apresentam órbitas muito elípticas fazem no seu periastro, pesquisas da alta atmosfera e do campo magnético, quando eles existem, do astro que orbitam.

Mesmo quando uma nave espacial orbita um planeta em uma trajetória quase circular, o planeta costuma ter seu diâmetro maior no equador do que nos pólos. Se a nave espacial não apresenta uma órbita equatorial ou geocêntrica, o seu periastro fica na região do equador do astro e pode ter um valor significativamente diferente que a sua altura de orbitação média, principalmente se for uma sonda que órbita em baixa-altitude.

Extraído de: http://pt.wikipedia.org/wiki/Periastro

--------------------------------------------------------------------------------
Efemérides dos próximos 3 meses

Veja os próximos eventos astronômicos que ocorrerão nos próximos 3 meses em nosso sistema solar:

Data e hora (UTC-3)                                                  Efeméride

19/03/2011 às 19h09  Perigeu da Lua: Mínima distância entre a Terra e a Lua (360 mil km).

20/03/2011 às 23h21 Equinócio de Março: Começa a Outono.

21/03/2011 às 11h00 Conjunção Lua - Espiga: Alinhamento entre a Lua e a estrela Espiga (Spica).

31/03/2011 às 13h25 Conjunção Lua - Vênus: Alinhamento entre a Lua e o planeta Vênus.

02/04/2011 às 09h00 Apogeu da Lua: Máxima distância entre a Terra e a Lua (400 mil km).

07/04/2011 às 10h19 Conjunção Lua - Plêiades: Alinhamento entre a Lua e as Plêiades.

17/04/2011 às 05h59 Perigeu da Lua: Mínima distância entre a Terra e a Lua (360 mil km).

17/04/2011 às 22h04 Conjunção Lua - Espiga: Alinhamento entre a Lua e a estrela Espiga (Spica).

22/04/2011 às 22h44 Chuva de meteoros (lyr): Chuva de meteoros na constelação Lira.

29/04/2011 às 18h02 Apogeu da Lua: Máxima distância entre a Terra e a Lua (400 mil km).

15/05/2011 às 08h08 Conjunção Lua - Espiga: Alinhamento entre a Lua e a estrela Espiga (Spica).

15/05/2011 às 11h18 Perigeu da Lua: Mínima distância entre a Terra e a Lua (360 mil km).

27/05/2011 às 09h58 Apogeu da Lua: Máxima distância entre a Terra e a Lua (400 mil km).

30/05/2011 às 20h04 Conjunção Lua - Marte: Alinhamento entre a Lua e o planeta Marte.

31/05/2011 às 04h00 Conjunção Lua - Vênus: Alinhamento entre a Lua e o planeta Vênus.

01/06/2011 às 21h17 Eclipse solar parcial: A Lua oculta o Sol parcialmente.

11/06/2011 às 15h57 Conjunção Lua - Espiga: Alinhamento entre a Lua e a estrela Espiga (Spica).

12/06/2011 às 01h42 Perigeu da Lua: Mínima distância entre a Terra e a Lua (360 mil km).

15/06/2011 às 20h13 Eclipse lunar total: A Lua passa totalmente pela sombra da Terra.

Datas calculadas pelos astrônomos da NASA Fred Espenak e Sumit Dutta (NASA GSFC).

Extraído de: http://www.astronews.com.br/astronews.com.br/WebSite/index.php?Page...


Extraído de: http://portaldosanjos.ning.com/group/antuakumahierarquiacelestial/forum/topic/show?id=3406316%3ATopic%3A463491&xgs=1&xg_source=msg_share_topic

Um comentário:

  1. Vai ser mesmo algo belo de se presenciar,que maravilha é a lua e no seu perigeu,nossa.^^

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...